ONErpm promove a primeira edição do “Festival Nossas Cores”

Com Gabeu, Gavi, Enme e Kaique Theodoro, festival celebra orgulho LGBTQIA+ em diferentes gêneros musicais

RecomendadosÚltimas Notícias

Celebrando o mês do orgulho LGBTQIA+, a ONErpm promove a primeira edição do “Festival Nossas Cores”. O line-up da comemoração traz quatro artistas LGBTQIA+ independentes, que se destacam no mercado com seu talento e representatividade. Apresentado por Bia Paranhos, o festival será transmitido no canal da ONErpm no YouTube, a partir das 17h desta segunda-feira, dia 29. Confira o line-up e um pouco mais sobre todxs artistas que farão parte das nossas cores:

 

Gabeu
Nascido na cidade de Franca (SP), Gabeu é um cantor e compositor em ascensão. O jovem artista descreve seu estilo musical como “pocnejo”, uma mistura de pop, sertanejo e referências LGBTQIA+. Essa é a bandeira que Gabeu defende, a valorização das narrativas cujo a figura heteronormativa seja questionada.

Suas referências mesclam desde pop farofa, à moda de viola mais raiz. “Você pode encontrar na minha playlist desde de Lady Gaga até Milionário & José Rico”, conta o cantor. Gabeu é dono de hits como “Amor Rural” e “Sugar Daddy”, e fará parte do “Festival Nossas Cores”, na ONErpm.

 

Gavi
Gavi é cantora e compositora capixaba, desde meados de 2015, quando deixou a carreira de advogada. A artista vem se dedicando e ganhando espaço no cenário musical, reinventando a black music brasileira, juntando groove, new R&B e música eletrônica. 

A versatilidade no trabalho da cantora mostra como Gavi transita em tudo que a black music pode oferecer, além de mostrar a habilidade de produtora musical da mesma, produzindo grandes sucessos de sua discografia. Gavi traz todo o poder da black music para o “Festival Nossas Cores”, nesta segunda-feira, dia 29.

 

Enme
Cantora, compositora e rapper natural do Maranhão, Enme é uma artista queer que traz os ritmos e tambores nordestinos em sua sonoridade. Iniciou sua carreira em 2014 e, desde então, atuou como produtora cultural, DJ, performer e drag queen.

Com mais de 150 mil reproduções só no Spotify, o EP “Pandú” reúne os tambores do nordeste e rimas sobre a vivências de uma drag queen periférica, sendo o material mais ouvido de Enme nas plataformas digitais. Em seguida, “Sarrar” com mais de 80 mil reproduções e “Juçara” com 50 mil. Enme também celebrará a diversidade junto a ONErpm no “Festival Nossas Cores”. 

 

Kaique Theodoro
Cantor e ator, Kaique Theodoro carrega grandes experiências e conta suas narrativas através da sua música que permeia entre o funk e R&B. Transgênero, não se intimida e foi o primeiro homem trans a se apresentar musicalmente pelas noites cariocas.

Kaique vê a música como algo muito além de entretenimento, com o poder de transformar as pessoas. “Poder cantar para pessoas que nunca nem ouviram falar da possibilidade de outros corpos é desafiador e ao mesmo tempo mágico. Isso é mostrar para toda uma sociedade que existimos, resistimos e ainda fazemos arte com nossas dores, lutas e amores”, conta o cantor. Kaique apresentará uma performance exclusiva nesta segunda-feira (29), ao vivo no “Festival Nossas Cores”.

A transmissão começa às 17 horas do dia 29 de junho no canal da ONErpm no YouTube. Está imperdível!

Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar